HP – Hewlett Packard – Desrespeito aos clientes – Notebook HP DM4-1075BR


Essa é a história do que aconteceu comigo, mas é semelhante à de milhares de pessoas aqui no Brasil. Se você já passou pelo mesmo problema, por favor divulgue este vídeo. Ficarei muito feliz se este vídeo for capaz de fazer alguém desistir de comprar um notebook HP.

Comprei um notebook HP por quase R$3.000,00 e me dei mal. Anotem aí para não comprarem esta porcaria: HP DM4-1075 BR. Em pouco tempo ele apresentou problemas nas caixas acústicas, no gravador de DVD e no touchpad. Informei o problema à HP em 05/01/2011. Eles não solucionaram o problema em 30 dias e se recusam a devolver o dinheiro pago, conforme estabelece o código de defesa do consumidor.

== Capítulos da minha luta contra a HP ==

11/12/2010 – Comprei o notebook.

05/01/2011 – Entrei em contato com a HP para notificá-los do problema. Após o recebimento do e-mail com a OS, eu tinha 3 dias para comparecer ao posto de coleta para deixar o notebook para reparo.

07/01/2011 – (02:00) – Fui ao posto de coleta para deixar o notebook, mas não pude fazer isso por um erro da HP no cadastramento do meu CPF. O CPF cadastrado na ordem de serviço era de uma outra cliente da HP, sendo que os demais dados estavam corretos. Liguei para a central de atendimento informando que estava no posto de coleta, mas a HP foi irredutível e disse que eu não poderia deixar o notebook. Fui informado que teria que aguardar o recebimento de uma nova OS por e-mail em até 48 horas.

10/01/2011 – (04:37) – O prazo dado pela HP não foi cumprido. Entrei em contato cobrando a ordem de serviço. Eles me deram mais 48 horas de prazo.

12/01/2011 – (07:02) – O prazo dado pela HP novamente não foi cumprido. Entrei em contato novamente cobrando a ordem de serviço. Eles me deram mais 48 horas de prazo.

13/01/2011 – A nova ordem de serviço chegou no meu e-mail. Como isso aconteceu de tarde, só pude levar o notebook ao posto de coleta no outro dia.

14/01/2011 – (18:00) – Compareci ao posto de coleta para deixar o notebook. Desta vez não tive qualquer problema.

05/02/2011 – (19:25) – Liguei um dia antes do prazo de 30 dias(já que o último dia era um domingo) para saber se o notebook estava pronto. Fui informado pela HP que eles consideram que o prazo, na verdade, começaria a contar a partir do dia 14, mesmo reconhecendo que o erro do CPF não foi meu.

07/02/2011 – (27:58) – Prestei queixa no procon. Como a primeira audiência ficou para o final de abril, o procon me orientou a tentar resolver o problema de uma forma amigável com a HP. Liguei para a central de atendimento, expliquei toda a situação, mas fui tratado em tom de deboche. A atendente da HP me disse que não adiantava ficar ligando pedindo o ressarcimento, pois isso não iria acontecer.

10/02/2011 – (38:02) – Recebi uma ligação da HP informando que o meu notebook já estava pronto, 5 dias depois do término do prazo legal de 30 dias, e que eu deveria ir buscá-lo. Fui informado que a HP não devolve o dinheiro do cliente caso ela não consiga resolver o problema em 30 dias. Segundo o atendente, isso só acontece numa negociação no caso de não ser possível consertar o equipamento ou caso o equipamento vá 3 vezes para a assistência e o problema não seja solucionado. Ele me disse ainda que eu deveria ir buscar o computador para não pagar uma taxa de permanência do mesmo no posto de coleta.

Esse post foi publicado em Fui enganado! e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s